Pixel do Facebook: A diferença entre ROI Positivo e Negativo

O que mais tenho visto nesses últimos meses são afiliados que tentam trabalhar com campanhas no Facebook mas tendo resultados muito ruins. Boa parte desiste da ferramenta por conta dos vários problemas que tem, perfil excluído, conta de anúncios bloqueadas, etc.

Trabalhar com Facebook não é fácil, você precisa estudar todos os dias maneiras eficientes de otimizar suas campanhas bem como entender e seguir perfeitamente as regras da plataforma.

Muitos afiliados não têm resultados positivos com essa plataforma porque negligenciam várias coisas. Entender a estrutura de uma campanha paga dentro do Facebook, medir seus resultados e entender como funciona o pixel de conversão será determinante para o seu sucesso ao anunciar no Facebook.

Se hoje você não está tendo resultados com o Facebook talvez esteja falhando em alguns desses pontos citados. Vamos detalhar dois pontos fundamentais para você lucrar anunciando no Facebook.

Para lucrar com anúncios no Facebook e ter ROI positivo você deve:

1 – Entender e Estruturar o Pixel de Conversão

 

O Pixel do Facebook é o coração da estrutura do seu anúncio. Se o pixel não estiver otimizado, seus anúncios não vendem. Simples assim. É fundamental para todo afiliado que trabalha com o Facebook ads entender profundamente como funciona um pixel no Facebook.

O pixel nada mais é do que um código que você copia e cola na sua página para identificar visualização, compra, etc. ou seja, é uma forma inteligente de identificar o comportamento de todas as pessoas que acessam seu site e assim conseguir atingir mais pessoas com o mesmo comportamento dentro do Facebook.

Um pixel otimizado para o público certo vai representar muitas vendas na sua campanha e consequentemente um ROI positivo.

O código do pixel do Facebook é composto de dois elementos principais:

– Código base do pixel

– Código de evento

O código base do pixel rastreia as atividades no site, fornecendo uma linha de base para medir eventos específicos.

Eventos são ações que ocorrem no site, seja como resultado dos anúncios do Facebook (pagos) ou como alcance orgânico (não pago). O código de evento permite rastrear essas ações e aproveitá-las nos anúncios.

Quando falamos de eventos para Pixel de Facebook trabalhamos essencialmente com 2 tipos:

Eventos padrão – 9 eventos para os quais podemos rastrear e otimizar os anúncios, sem a necessidade de ações adicionais. Veja abaixo um exemplo da aparência do código do site com os eventos padrão instalados.

 

 

  1. O código original do seu site: cole o código de pixel do Facebook entre as tags <head> e </head> do seu site. Provavelmente você já tem outro código existente entre as tags <head>, por isso é só colocar o código de pixel abaixo delas, e acima de </head>.
  2. Seu código base do pixel do Facebook: o código do seu pixel do Facebook terá a mesma aparência do diagrama acima, sendo que o número de identificação do pixel será diferente de 1234567890.
  3. Seu código de evento padrão: no código de pixel do Facebook, acima da tag </script>, cole o código de evento padrão que é relevante para sua página (por exemplo, concluir registro, Adicionar ao carrinho). Você deverá fazer isso em todas as páginas que quiser rastrear.

Existem vários eventos que você poderá mudar dentro do código do pixel de acordo com o mapeamento que você estiver fazendo. Abaixo destacamos os principais eventos utilizados:

Ação no site Código do evento padrão
Ver conteúdo fbq(‘track’, ‘ViewContent’);
Pesquisar fbq(‘track’, ‘Search’);
Adicionar ao carrinho fbq(‘track’, ‘AddToCart’);
Adicionar à lista de desejos fbq(‘track’, ‘AddToWishlist’);
Iniciar confirmação da compra fbq(‘track’, ‘InitiateCheckout’);
Adicionar informações de pagamento fbq(‘track’, ‘AddPaymentInfo’);
Fazer compra fbq(‘track’, ‘Purchase’, {value: ‘0.00’, moeda: ‘USD’});
Lead fbq(‘track’, ‘Lead’);
Concluir registro fbq(‘track’, ‘CompleteRegistration’);

O ideal em toda campanha no Facebook é que você adicione um funil de eventos completo (por exemplo, ViewContent, AddToCart e Purchase) para capturar todas as ações de compra relevantes. Lembre-se que criar esse funil de ventos você estará mapeando boa parte das ações de compra do seu cliente, e com isso poderá traçar novas estratégias para aqueles não realizaram a compra.

Eventos personalizados – São ações importantes para o negócio, embora não seja possível usá-las para rastrear e otimizar sem ações adicionais.

Perceba que entender todos esses conceitos é fundamental para que você tenha sucesso em suas campanhas pagas no Facebook. Saber estruturar estratégias para otimizar suas campanhas faz a diferença entre um afiliado que NÃO vende para um que vende todos os dias.

2 – Aprenda a Medir Seus Resultados

 

Um segundo ponto que vai diferenciar um afiliado que vende todos os dias de outro que faz poucas vendas ou nenhuma, será a sua capacidade de mensurar suas métricas.

Não adianta você criar pixel pra tudo dentro da sua campanha se você não sabe e não mede o que está convertendo.

Você precisa identificar de onde estão vindo suas vendas, quais campanhas estão convertendo mais, entender os indicadores e principalmente saber que ações você deve tomar a partir do momento que identificar um problema.

Uma ótima maneira de identificar se suas campanhas estão rodando e performando da maneira adequada é gerando relatórios no Power Editor do Facebook. Para criar um relatório basta seguir os seguintes passos:

Crie um relatório

  1. Acesse o Power Editor.
  2. Clique em no canto superior esquerdo e selecione Relatório de anúncios. Isso levará você até a tela Gerenciar relatórios, onde você poderá ver seus relatórios salvos.
  3. Clique em Criar relatório.

Você ainda pode personalizar as colunas de visualização do relatório deixando apenas os campos que interessam ser analisados. Como no exemplo abaixo.

 

 

Uma vez que você rodou os relatórios em questão, poderá exportar esses relatórios nos formatos .xls ou .csv e analisar com mais calma em um outro momento.

Perceba que trabalhar com Facebook é muito mais do que apenas botar uma campanha pra rodar e ver o que acontece. Você precisa estudar os detalhes, entender e traçar boas estratégias de vendas.

Uma vez criada sua campanha, ela precisa ser monitorada através de relatórios e ferramentas de tracking. Sem dados ou indicadores você simplesmente está brincando de fazer renda extra.

Se você quer realmente gerar bons resultados precisa ter e analisar os números do seu negócio.

Se você quer aprender um pouco mais sobre Facebook não deixe de ler nosso artigo Otimizando Campanhas Pagas: Pare de Perder Dinheiro!

Recomendo que você não se limite em termos de conhecimento. O afiliado profissional é aquele que está aprendendo sempre. Busque investir no seu conhecimento e você estará melhor qualificado para atingir maiores resultados.

Deixem seus comentários com dúvidas e sugestões!

Um forte abraço!

5 (100%) 2 votes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *